Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LIBERDADE

LIBERDADE , sensação sem explicação, vontade louca de voar,
voar por todos os lugares possíveis e imaginários.

É querer fazer tudo o que não foi feito, é gritar tudo aquilo que te sufoca ou sufocou.

É chorar de alegria porque a porta da tua gaiola
se abriu é tudo...
nem sabes o que queres, mas sabes e sentes a frescura e a leveza da LIBERDADE em tua vida.

É um renascer para uma nova vida com rosas e espinhos,
onde os espinhos por mais que te piquem
a dor que sentires é mais suave,
porque sabes que tens as pétalas das rosas já vividas
para te acariciarem a dor.
Débora de Andrade
Enviado por Débora de Andrade em 15/12/2005
Código do texto: T86163

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Débora de Andrade
Portugal
58 textos (3727 leituras)
10 e-livros (199 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 08:21)