Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

EU

Sou um pequeno ser que vivo no paraíso dos inocentes,
minha alma vive agora no eterno silêncio,
neste reino onde o belo se entrelaça com o intocável,
minha mente está purificada para uma nova vida.

O meu coração, este, sofrido de tanta dor ainda palpita,
os sentimentos perderam o sentido do ser,
os desejos deixaram de me pertencer,
vivo no ser do não ser, no querer de não querer.

Caminho em busca do meu EU e vejo as sombras do passado,
os troncos murchos pelo frio,frio que albergou meu coração.

As flores não floriram mais, as lágrimas que chorei
secaram os canteiros dos pequenos botões,
botões que iam desabrochando em meu coração.

Os caminhos estão sombrios e frios, as águas gelaram, as flores não floriram mais, os sentimentos soltam-se num toque sofrido, e…
Eu fico perdida.
Débora de Andrade
Enviado por Débora de Andrade em 15/12/2005
Reeditado em 19/12/2005
Código do texto: T86170

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Débora de Andrade
Portugal
58 textos (3727 leituras)
10 e-livros (199 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 09:59)