Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Não me chames

Se me vires só, a caminhar,
e vou andar,
não me chames...

Deixa que eu siga meus pensamentos,
em azuis que foram meus momentos.
Deixa que eu viva a minha sorte.
Não me penses forte...
nem me penses luz,
ou sequer uma chama que seduz...
Andarilha, troco meus passos,
por sonhos em meus espaços
e, tropeçando na minha própria ilusão,
vai seguindo só meu coração...

Não me chames...
Não vou escutar...
Só tenho ecos, um triste soar,
uma saudade, tantas lembranças,
sem ter-te, sem esperanças...

Ida Satte Alam Senna
Enviado por Ida Satte Alam Senna em 15/12/2005
Código do texto: T86214
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ida Satte Alam Senna
Santa Vitória do Palmar - Rio Grande do Sul - Brasil, 70 anos
111 textos (2724 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 16:07)
Ida Satte Alam Senna