Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Voar, sobrevoar...

Dou-te como prêmio  toda a minha dor!
Leva junto esta tristeza, carregando solidão
por me teres negado a razão de ter-te amor.
Viaja a liberdade que fechou-te o coração.

Asas para o mundo! Voar , sobrevoar,
alcançar outros tempos, ir pelos ventos,
tão livre, que esqueceste  o que é sonhar,
tão livre, que perdeste meus momentos.

Não existo mais, saí da tua vida,
e minha alma, roubada por aí ficou.
Não sou ar, não sou pó, sou despedida,
sem ser lembranças, nem história me restou.

O quanto te amo somente saberás no dia
em que a tua procura não mais me encontrar.
Serei apenas aquela sombra que sorria
e que esqueceu-se de que forma pode amar.
Ida Satte Alam Senna
Enviado por Ida Satte Alam Senna em 15/12/2005
Código do texto: T86219
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ida Satte Alam Senna
Santa Vitória do Palmar - Rio Grande do Sul - Brasil, 70 anos
111 textos (2724 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 18:31)
Ida Satte Alam Senna