Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Fragmentos de mim

Na voz do poeta, o grito não dito...
Preso o espírito
busca por rimas aos pés dos montes...

No azul que pinta sua imagem
vê-se alegre em sonhos,
olhares perdidos em distantes horizontes...

Nos sonhos que sonha o poeta
abre-se a vida no olhar que perde em si,
jardins de esperança floridos em rimas de ontem.

O hoje? Já é passado...
Foi-se em vagões descontrolados buscando o fim
no nada onde o destino veste o nu que traz o homem...

Vejo os fragmentos da vida que sonha o poeta
no todo onde pensa existir,
nada mais é além do sopro que ecoa o lamento...

Chora a vida nos olhos do poeta distante,
seus montes já não existem nas torres de si.
É passado o hoje que nos céus em versos desenho...

Passa a esperança nos jardins do tempo
correndo orvalho nas faces que germinam os poemas que fiz
buscando as rimas no ontem onde em versos o destino eu vesti...

O hoje é passado
nos sonhos descontrolados
de mim...

***

http://acrampin.blog.uol.com.br
Aisha
Enviado por Aisha em 16/12/2005
Código do texto: T86492
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Aisha
Jundiaí - São Paulo - Brasil, 50 anos
791 textos (35174 leituras)
1 e-livros (57 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 12:45)
Aisha