Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sempre Perco

Sempre Perco

Perco as vestes de meu mar
Nesse seu falar lacônico
Perco favos de alegria
E o passo dessa dança
Perco o auge da sinfonia
Perco o riso de criança
E a alma ensolarada
No seu tom baixo-irônico
Perco esquadros e compasso
E o lindo projeto de estrada
Esboçado no meu olhar

Perco você todo dia
A cada minuto e instante
Perco a certeza brilhante
nos labirintos de mim
Perco meu sim luzente
Perco o ar de repente
na sua ausência baldia
Perco o canto do bem-te-vi
Perco a colheita da hora
Perco aquilo que vive
no filho que não nasci

E se perco o que nunca tive
que me falta perder agora ?

Claudia Gadini
16.12.05

Claudia Gadini
Enviado por Claudia Gadini em 17/12/2005
Reeditado em 17/12/2005
Código do texto: T86908

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Claudias Gadini). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Claudia Gadini
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
318 textos (54196 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 22:48)
Claudia Gadini