Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Auto de Natal

Lá vai José, com Maria
redonda e inchada em fim de gravidez.
A gravidade lhe pesa o ventre intumescido...
É pra Dezembro – fim do mês.

Lá vai José, na feira,
e Maria atrás, se arrastando...
José tenta daqui e dali,
mas nada...
Maria cansada...

Até que, finalmente,
com o “décimo terceiro” por entrada
e suaves prestações comprometidas,
José, feliz da vida...
Maria, sentada a um canto,
enquanto José adquire um Chevette 78,
carente de alguns consertos...
E findos os acertos
saem José e Maria (e seu menino)
com seu “auto” de Natal
pelas ruas da cidade iluminada...
Poeteiro
Enviado por Poeteiro em 17/12/2005
Reeditado em 08/02/2006
Código do texto: T87031
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Poeteiro
Santos Dumont - Minas Gerais - Brasil
440 textos (10790 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 10:00)
Poeteiro