Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A lúdica tentativa...

A lúdica tentativa
Contornos delineados de estar
De fazer crer que ama
De achar que pode-se entender
Outras e novas formas de amor
Se o tempo é cura à cicatrizes
Marcas são nódoas que o passado apregoa
Nessa Ilha que atende por solidão
Agora aqui, depois ali, feito bola
Feito a imagem e transparência
Ilude em ótica os desatinos
No logro da visão que esmaece
Enquanto o coração enregelado pesa
Favas que se contam outra vez
Para que nada mais fosse assentado
O fardo solitário de um mesmo caminho
Parado feito lustre, ares de Jardim
Na névoa em foco, turva no copo vazio
O amargo pelo não gozo, soçobram lamúrias, enfim
Mais uma página límpida virando o avesso
Sem sentir a água que cobre o corpo desejado
Que por desejo, outra tentativa
Patina na lúdica ficção
E o para o ano em que somos
Feliz no ano que vem
Se é luz, o olho aguarda.

Se tenho alguma coisa para lamentar, é aquilo que não fiz. Do mais, sempre serei feliz, mesmo que só.

Peixão89
(inserida no número 10 da Revista Literária do Portal Cá Estamos Nós)
Peixão
Enviado por Peixão em 30/03/2005
Reeditado em 25/04/2005
Código do texto: T8786
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120251 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 19:55)
Peixão