Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TU ÉS MIL

Quebrastes um vidro de relógio em mil esperanças
Para sonhar e viver o grande amor de nossa vida
Trouxestes a felicidade no momento de ressonância
Adormecida na minha essência quase perdida.

Encontrastes-me de coração quase apagado
Do amor sonhado e de sede quase ressequido
De minha alma arrancastes o amor desejado
Amor que só nos pede dedicação de sentido.

Amor raridade, amor de verdade, não importa.
Amor que nada reclama só pede que se ama.
Amor que último é o primeiro, suporta
Distância e saudade e até rola na lama...

Se fôssemos dois pássaros voaríamos agora
Em busca do toque que para ambos é essencial
Eu te abraçaria toda até surgir a aurora
Faria-te Colombina para enfeitar meu Carnaval.

Não te queira só por três noites e três dias
Queria-te abraçando-me sempre à luz de néon
Na praça florida, escuridão, chuva ou ventania...
E a ti tudo daria para ouvir de tua voz o mais suave som.
R J Cardoso
Enviado por R J Cardoso em 21/12/2005
Reeditado em 27/12/2005
Código do texto: T88904
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
R J Cardoso
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
3128 textos (79556 leituras)
2 e-livros (393 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 02:37)
R J Cardoso