Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Chegaram tulipas

 


Violetas, lindas, frescas e viçosas
Com perfume de amizade e querer bem
Incomparáveis, delicadas e formosas
Portadoras da lembrança de alguém

Na verdade eram duas
Um par de raro esplendor
Traziam no silencio falas suas
Compondo um quadro encantador

O escritório de repente iluminou-se
Encharcando-se na dupla dose de beleza
A atmosfera, de pronto modificou-se
Valorizada pelo toque da delicadeza

Duas tulipas singelas
Que com muita simplicidade
Tornaram a tarde mais bela
Trouxeram-me felicidade

Meu sorriso foi contido
Os olhos brilharam porque
Enquanto o coração batia agradecido
Pensava enternecida em você



 


Priscila de Loureiro Coelho
Enviado por Priscila de Loureiro Coelho em 21/12/2005
Código do texto: T89059
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Priscila de Loureiro Coelho
Jacareí - São Paulo - Brasil, 65 anos
1286 textos (215216 leituras)
1 e-livros (148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 10:16)
Priscila de Loureiro Coelho