Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dança solitária



 

 

 

 elisasantos

 

 

Nessa dança envolvente
Onde as cobras retorcidas,
Aderentes ao teu corpo,
 Envolvem tua mente,
És sofisma, sombra...
Nada além de vulto.
 Da intenção convincente
À ação incipiente,
O intervalo é ficção.
Nesse teatro, o último ato
É um monólogo,
Onde o palhaço
Por si lamenta.
E às gargalhadas
-Ao picadeiro!
Sabendo seu o único riso
E por qual motivo o escutará
A gargalhada é da mentira
Que a si se exige
  E do palhaço que sempre será.
elisasantos
Enviado por elisasantos em 22/12/2005
Código do texto: T89502
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
elisasantos
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 56 anos
430 textos (24473 leituras)
1 áudios (91 audições)
4 e-livros (163 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 06:21)
elisasantos