Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tagarelando


         Tagarelando
               De Iolanda Brazão


Não falo tudo que sei
Muito menos o que penso
O que vejo nem sempre digo
Pois o que pode parecer ser
Nem sempre é
Que mania...
Sair por  aí tagarelando
Falando... Falando... Falando...
Com a língua solta
Passeando pelo céu da boca
Nervosa a procura do que falar
E ás vezes...Cruz credo!
Muita coisa pode se inventar
Por falta do que fazer
Ou então pelo prazer de criar
Porque não dizer...Inventar...
Que horror!
Aí que mora o perigo
Cuidado, pois por castigo!
Sua língua pode enrolar
Já pensou não poder mais falar?
Muito menos inventar
Tome vergonha nesta cara
Procure uma roupa pra lavar
E assim ocupando seu tempo
Não poderá fofocar.
Iolanda Brazão
Enviado por Iolanda Brazão em 23/12/2005
Código do texto: T89912

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ex: cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Iolanda Brazão
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
343 textos (32009 leituras)
3 áudios (627 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 12:13)
Iolanda Brazão