Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Alquimica como esperança

A memória de meu sofrimento perdurará
desse triste espetáculo de morte prematura
lamentações que preciso transmutar para flores
na mistura dos dois líquidos que Vênus dispõe

formam bolhas como quando na lagoa cai chuva
para que nasçam as belas flores-cor-de-sangue nuas
e nas forças dos ventos se façam e se despedacem
enquanto molho o papel e sangro nas tintas rubras

pois que aqueles recursos comuns que já sonhamos
nas almas com repetidas cutiladas se fecharam
e seus encantos se esconderam em um repente

resta a alquimia como última esperança
da ressurreição do sentimento que quer viver
ou a memória do sofrimento perdurará.


________

(Copyright © 2005 A.José C.Coelho. Todos os direitos reservados.)
Joseph Shafan
Enviado por Joseph Shafan em 24/12/2005
Código do texto: T89997
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Joseph Shafan
São Sebastião - São Paulo - Brasil, 63 anos
773 textos (98897 leituras)
25 e-livros (10470 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 04:29)
Joseph Shafan