Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Para tanto que devesse falar,...

Para tanto que devesse falar, hoje é algo assim triste.
E por tão triste, o que mais falar,
Se não da própria sina que representamos
Para tanto que pudesse falar,
Hoje é algo assim,
Tão triste como o dia
A compor a própria sina
Representando a vida por si
E de tão só, como triste
Aquilo que por nós, passa
Passado sem a própria fala
Sinistramente representada em si
Nem tanto à dó, nem tanto,
Fica o amargo da boca triste
Sem apresentar aquilo que nos é tomado.

Só nos resta prosseguir.

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 01/04/2005
Código do texto: T9020
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120249 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 22:46)
Peixão