Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O ser que não é inconveniente...

O ser que não é inconveniente
Eu sou o não ser
Por ser tudo aquilo que sou
Tendo ou não aquilo que tenho
Sem parecer algo palpável
Sem o ser não sendo e tido
Revisto a imagem que sou
Olhando os olhos do espelho
Que se é sombrio
Aos nossos fantamas
Ávaros do consciente
Não querer ser, nem é uma fuga
Nem é um disfarce, nem é nada,
É tudo aquilo que preciso
Para atingir aquilo que quero
Passando, mesmo que desapercebido
Pois quando longe, muito longe
As marcas ainda ficam presentes
Certo ou errado
É uma outra forma de pensar
E se posso amar
Nem preciso ser tão pensante
Amo e pronto
Mesmo que a impressão
Não seja aquela que se esperam
Mesmo que se fique só.

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 01/04/2005
Código do texto: T9032
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120252 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 02:15)
Peixão