Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Criação

I
Primeiro era o cáos
Depois, o Verbo
E seu desejo
De pôr finalidade nas coisas.

II
Fiat Lux!
E ela estalou,
Embora um facho tímido
Entremeada de sombra.

III
Fez-se a luz
Que vendo-se boa
Enxergou o mal
E achou parir a noite.

IV
Então, a lama
O homem feito à semelhança
Um sopro de vento
O primeiro drama.

V
Na costela subtraída
A maravilha dos olhos
A mulher saída
A primeira fome saciada.

VI
Estava ali
A desobediência dígna
Estava ali
O condenado a durar para sempre.

VII
O Verbo sorriu
Provou o ócio, arrotou pro sacerdócio
E achou legal
Não fazer mais nada.
Aldo Guerra
Enviado por Aldo Guerra em 25/12/2005
Código do texto: T90347
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aldo Guerra
Rio das Ostras - Rio de Janeiro - Brasil, 60 anos
296 textos (26096 leituras)
3 áudios (490 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 17:07)
Aldo Guerra