Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema de Toledo (confissões de um andarilho)

Desculpe caros amigos,
Estou aquí a viajar,
Sou um andarilho do mundo,
Logo,bem humorado.

Levo n'alma o dom do menino,
Outrora feliz e levado,
E no adulto de agora,
Anseio um mundo melhorado.

Com um charuto no bico,
A mulher a meu lado,
Fico às vezes pensando,
Que mesmo no outono,
Ainda penso no passado.

Tropeço alí na frente,
Viro enfim a esquina do passado,
Amo a mulher de sempre,
Choro angústias da vida,
Guardo tudo muito bem guardado.

Toledo,outubro,1977
Carlos Marinho


Carlos Marinho
Enviado por Carlos Marinho em 25/12/2005
Código do texto: T90450
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Carlos Marinho
Olinda - Pernambuco - Brasil, 66 anos
63 textos (3941 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 16:23)
Carlos Marinho