Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Saudade que Sangra


Maria Thereza Neves

 
a leveza dos sonhos
que a mão suave escuta
vaza no papel os sentimentos
molha as folhas do destino
escreve com as gotas da alma
o vagar na vertigem da noite

sem rumo, nas correntes incertas
alças solta das sensações
das zonas do silêncio eloqüente
no luar crescente
da fronteira dos instantes
nas linhas, as palavras choram

porão , poeiras finas da vida
sem ponto nem vírugula
na quietude cristalina do alvorecer
esperanças de um tempo
dos sonhos que exilaram nas nuvens
nas brumas, linhas do horizonte
nas lágrimas do sol
que vai tecendo,desfazendo os dias

oh poeta !
oh flor da noite
onde todo o orvalho se perde
o passado se esconde
destilando no álcool da poesia
a saudade que sangra
e morre no ponto.
Maria Thereza Neves
Enviado por Maria Thereza Neves em 25/12/2005
Código do texto: T90453
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Thereza Neves
Juiz de Fora - Minas Gerais - Brasil
3341 textos (90988 leituras)
6 e-livros (224 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 02:40)
Maria Thereza Neves