Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Busca incansável

Procuro sempre e tanto
Por onde andará o meu par...
A alma que complementa a minha
Aquela que de mim se aproxima
Pela sintonia de vibração
Procuro e, no entanto
Quanto mais me ponho a buscar
Mais longe ela caminha
E nos confins me domina
Provocando a solidão

Procuro bem sei que procuro
A alma por mim atraída
Talvez esteja escondida
Ou quem sabe anda, perdida
Sem disto se compenetrar
Enveredo pelo escuro
Na emoção consumida
Por uma dor tão doida
Que pulsa tal qual ferida
Aberta a latejar

Procuro meu companheiro
Que nos caminhos do tempo
Precisou se afastar
Embora tenha deixado
Bem viva nossa paixão
Procuro tal estrangeiro
Que deve ser desatento
Na forma doce de amar
Eu haverei de encontrar
Este ser tão delicado
Dono de meu coração

Procuro...Sempre e tanto
A alma que é minha metade
Que me foi designada
Pelo nosso criador
Procuro e para meu espanto
Pressinto a eternidade
Sentindo-se emocionada
Proteger esse amor

Priscila de Loureiro Coelho
Enviado por Priscila de Loureiro Coelho em 01/04/2005
Código do texto: T9056
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Priscila de Loureiro Coelho
Jacareí - São Paulo - Brasil, 65 anos
1286 textos (215173 leituras)
1 e-livros (148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 22:08)
Priscila de Loureiro Coelho