Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Adeus...

Palavra difícil de proferir
Nesta procura do teu existir
Quantas madrugadas que enlouqueci
Em pensamentos na mente remexendo
Nos sentimentos insanos de desejos
Tanto te quis, tanto te pedi
Neste amor que fez morada em ti
Tanto te chamei, te implorei
Mas em minhas súplicas não te alcancei
E a triste hora do nosso adeus chegou
Que sequem todas as lágrimas derramadas
Que se desfaçam todas as esperanças anunciadas
Que todos os castelos de sonhos se desmanchem
Que todas as alegrias incontidas se calem
Que todos os gemidos se desatem da garganta
Que todas as saudades não sejam as desesperanças
Que os meus olhos não mais se percam em tua alma
Que o clamor de tua voz se torne calado em minh’alma
Que o teu singelo nome que tanto exaltei em almejos
Cale-se em murmúrios e sussurros em minha boca
Nesta voz louca tanto te desejei e tanto te amei
E dizer-te adeus agora, talvez eu não conseguirei!

D.A.R
Uma Mulher Um Poema
Enviado por Uma Mulher Um Poema em 28/12/2005
Reeditado em 02/01/2006
Código do texto: T91329
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Uma Mulher Um Poema
São Paulo - São Paulo - Brasil
2889 textos (497387 leituras)
75 áudios (27412 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 18:40)
Uma Mulher Um Poema

Site do Escritor