Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Longas são as luzes das estrelas...

Longas são as luzes das estrelas
Que contam o encanto da noite
Afeita ao sabor das praia, sempre calma e serena
A Lua abriga cálida esse olhar em brilho
No frescor desse corpo, que semi-nua
Corre pela areia tal uma criança
Sim, estais a rir ante minha imagem
Ali com esse frutos para saciar
Um pouco a sua sede
Que caminho em equilíbrio
Para não perde tão doces seivas
Ainda corres até a pedra
Onde lança fina seda para tornar mesa
Enquanto chego com tantas iguarias
Tomas de minha mão mais um fruto
E ainda bailando se põe a ir pela água
Correndo, brincando, me chama
Me tomas mais um beijo
A Lua sorri ao bailado, e dela tiramos
Novos brilhos para tantos desejos
No seu corpo ardente
Que freme com mais carícias
De tantas quanto posso criar
Sorvendo toda a doce seiva de sua boca
De tão voluptosos seios, tantos beijos
Ah! miríades de estrelas que cobre os céus
Também bailam lívidas pela noite
Brindando tal corpo de mais carícias
E do peito desnudo
Que tua boca procura
Mãos ávidas tocam em cada recanto
Para um nova melodia explodir em teus gemidos
No bailar das águas que saímos
Em busca de um canto para tomar tal volúpia
Sobre o que resta das veste
Sacia a rósea carne com múltiplos beijos
E tomando aos braços o corpo
Com um toque profundo
Sorrindo em gozo
Que de tal monta, trêmulos no entregamos ao descanso
Ah! sentir a tua respiração recuperada aos ouvidos
E o brilho dos olhos na luz do luar
Recolhemos o que podemos e voltamos ao teto
Lívidos pelo prazer

A Ilha traz mais do que um encanto.

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 01/04/2005
Código do texto: T9134
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120251 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 13:06)
Peixão