Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
ABALO !

a rosa explodiu,
e os espinhos da bomba,
espelharam-se
nas poças d´água,
despedaçaram-se
pela maciez da noite,
derramaram-se
pelas cores do tapete,
perderam-se
no murmúrio dos gatos
namorando nos telhados,
e pelas idéias do poeta,
que desarticulado,
desmoronou solenemente,
sobre os seus alicerces!
o poeta detonou
a sua própria Hiroshima,
e agora, o que fazer,
dos proféticos ensinamentos,
e dos poéticos fragmentos,
sensíveis a um simples toque?

AC de Paula
Enviado por AC de Paula em 28/12/2005
Reeditado em 01/06/2007
Código do texto: T91379
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
AC de Paula
São Paulo - São Paulo - Brasil
1163 textos (114649 leituras)
226 áudios (20097 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 22:06)
AC de Paula