Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

OLHOS DE MEL

um certo dia,
sem querer
que desatino
na calçada do destino
dei de cara com você!
só sei dizer
que a partir daquele instante
nada foi como era antes
não consigo te esquecer
virei escravo da paixão
mas que loucura!
eu me perdi na ternura
dos teus olhos, doce mel,
e este amor
sincero, forte,impulsivo,
só podia ser possível,
em um quarto de motel,
hoje os meus olhos
brilham de tanta tristeza
te perdi tenho certeza
e até posso compreender
desilusão,
machuca o peito
mas não mata,
tô aquí chutando lata
que saudade de você,
olhos de mel!!

AC de Paula
Enviado por AC de Paula em 29/12/2005
Código do texto: T91892
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
AC de Paula
São Paulo - São Paulo - Brasil
1163 textos (114633 leituras)
226 áudios (20097 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 16:29)
AC de Paula