Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FUMAÇA BRANCA.

A fumaça branca,
Sonolenta e santa,
Paira ao ar,
Dança um pouco,
Recita um recital louco,
E foge à janela,
Não fugindo por ela,
Mas nela,
Nela onde buscam meus olhos,
Um horizonte,
Que de tão longe me conte,
O que há no viver fechado
De um poeta calado,
Que tanto diz, não nego,
Por esconder seu próprio ego,
Obscuro e cego,
Maltrapilho e frio,
Dizendo tanto mundo saber,
E mundo mesmo não viu,
Não viu nascer,
Não viu crescer,
Não viu morrer,

Não viu sequer ao pairar,
Recitar um pouco,
E à janela ir como louco,
Em busca de auto-afirmação,
Não de uma auto-solução.

   ( D`Eu )
Sidnei Levy
Enviado por Sidnei Levy em 02/04/2005
Código do texto: T9263
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sidnei Levy
Campinas - São Paulo - Brasil, 71 anos
298 textos (20822 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 17:09)
Sidnei Levy