Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O ÚLTIMO DOS MEUS DIAS

O ÚLTIMO DOS MEUS DIAS
Lílian Maial



O último dos meus dias
Vai raiar ensolarado,
Vai chover gotas vadias,
Um arco-íris prateado.


No último dos meus dias
Quero mergulhar no mar,
Quero nadar na piscina,
Te amar, ser tua menina.


Quero pássaros na serra,
Ver golfinhos na praia,
Quero plantar na terra,
Quero cair na gandaia.


Quero dançar colado,
Quero beijar na boca,
Quero brincar com os filhos,
Quero trocar de roupa.


Quero ver Sessão da Tarde,
Quero ir ao cinema,
Quero namorar na praça,
Ser Garota de Ipanema.


Quero beber com amigos,
Quero entrar na igreja,
Quero criar abrigos,
Quero comer cerejas.


No último dos meus dias
Quero trabalhar mais que nunca,
Quero ficar menstruada,
Quero me sentir maluca.


Quero escrever poemas,
Quero viver um drama,
Quero resolver dilemas,
Quero te levar pra cama.


Quero me enfeitar de rosas,
Entender teu idioma,
Quero acordar em teus braços,
Multiplicar a nossa soma.


Quero voltar pra escola,
Brindar á tua saúde,
Quero pedir esmola,
Ter vivido o mais que pude.


Quero pintar um quadro,
Quero fazer um filho,
Quero pichar a fachada,
Soltar todos os passarinhos.


Quero flertar com o velho,
Quero parir o menino,
Quero vestir um terno
E nunca sair do cio.


Me cobrir com o edredom,
Ficar nua na revista,
Quero comer filé mignon,
Quero transar com o dentista.


Quero fazer travessuras,
Quero infringir as leis,
Quero viver aventuras,
Quero endoidar de vez.


Quero chocar a família,
Quero viajar de trem,
Quero morar numa ilha,
Ser vizinha de ninguém.


Quero pagar os impostos,
Quero rasgar as multas,
Quero cair na noite,
Quero te amar sem culpa.


Quero sentir o vento,
Quero colher a flor,
Quero provar o alimento,
Saber tudo sobre o amor.


Quero andar de bicicleta,
Descer na montanha-russa,
Esbravejar indiscreta,
Quero vestir a carapuça.


Quero olhar fotos no álbum,
Quero tomar bebedeira,
Recordar os meus mortos,
Chupar laranja na feira.


Quero fazer conferência,
Ensinar tudo o que sei,
Me vestir de inocência,
Assistir a um show gay.


Quero montar a cavalo,
Quero saltar obstáculos,
Quero curar o câncer,
Quero ser o espetáculo.


O último dos meus dias
Pode ser hoje, pode ser de verdade,
Só quero que tu venhas junto,
Para o vivermos na eternidade.


Lílian Maial




Lílian Maial
Enviado por Lílian Maial em 31/12/2005
Código do texto: T92901

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site "www.lilianmaial.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Lílian Maial
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1158 textos (248667 leituras)
21 áudios (13707 audições)
3 e-livros (1280 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 04:33)
Lílian Maial

Site do Escritor