Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Boneca de pano

Uma boneca de pano
Era assim que me sentia em suas mãos
Sem vida! Passiva!
Usada
Manipulada
Eu sabia que eu tinha um coração
Porque chorava e sofria
Mas nada fazia
Não tinha ação
Para achar uma solução!
Num canto ficava jogada
E de quando em vez era usada
Usada sem carinho
Sem cuidado
Apenas usada
O tempo foi passando
E um belo dia
Sem que houvesse razão
A boneca foi se desencantando
Acordando
Se espreguiçando
Daquele estado saindo
Olhando em volta
Viu a vida passando
Ligeira e rápida
E ela ali parada
Então se levantou
E caminhando maravilhada
Sorriu, dançou e cantou
Dia, noite, madrugada
E na vida , bem fundo, se atirou
Outros caminhos encontrou
E para aquele canto nunca mais voltou!
Marly Caldas
Enviado por Marly Caldas em 02/04/2005
Código do texto: T9295
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Marly Caldas
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 77 anos
513 textos (27638 leituras)
2 e-livros (311 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 20:39)
Marly Caldas