Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CHORA, MEU NEGO!

É assim que te vejo
quando o remorso te atazana:
solto na correnteza,
sufocando o desejo,
xingando e chorando,
dando murros na mesa
e, conformado, exclamando:
"eu sou mesmo um banana!!! eu sou mesmo um banana!!!’

Não, eu não sei porque
sinto tanta pena de você...
Sal
Enviado por Sal em 01/01/2006
Código do texto: T92982
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sal
Marília - São Paulo - Brasil, 78 anos
507 textos (44790 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 13:12)
Sal