Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mendigo poeta


Raimundo da vida
Poeta! Mendigo!
Sem teto
Com fome!
Mendiga uma chance
Pensamento  longe
Na sua existência
Sofre sem entender
Ao menos  o porque!
Mais seus olhos brilham
Quando acha no lixo
Um pedaço de papel!
Um verso
Ali nasce!
Uma prosa
Um amor!
A poesia
Se transforma!
Num papel sua vida cria forma
Mostra  sua revolta!
Mostra sua dor
Escreva !
Raimundo! José!
Talvez se chama-se
Ate Manuel!
Um homem
Sem nome!
É só entre tantos
Apenas um rosto
Talento jogado
Nas ruas  incertas da sociedade
Que o rejeitou!
Mendigo poeta
Pedi uma chance
Quer o seu espaço
E tentar resgatar aquela palavra
Chamada!
Dignidade.



EDU
Enviado por EDU em 02/01/2006
Código do texto: T93438
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
EDU
Praia Grande - São Paulo - Brasil, 39 anos
127 textos (9321 leituras)
1 e-livros (92 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 04:22)
EDU