Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

***O ACIDENTE 3***

***O ACIDENTE 3***
 
 
Foi uma nuvem negra que me assombrou
Nesta curva mal vestida veio como açoite,
Tão rápido como o vento, veio sem avisar.
Nestas ruas cheias de água, maltratada pela chuva,
Ele se perdeu mostrando-me o abismo.
 
E eu ali perdida em meus pensamentos
Imaginando o vagar de sua cabeça desmiolada,
Querendo entender procurando seus desvios
Não tenho resposta não posso dizer nada...
 
Tu és gente que pensa mais não sabe viver,
Procura a morte sem perceber
Divaga em pensamentos que tira sua atenção
E me leva para um abismo sem me dar explicação
 
Tu chegaste afoito repicando a buzina
Eu não percebi que teus passos estavam perdidos no espaço,
Tu és um homem simples que leva nos ombros
A alma de muitos que não pertence a ti...
 
Tu és de espécie poderosa, pena que você não vê,
Ah... Motorista quase que minha vida perdi!
Tu passaste pela estrada e se perdeu dentro do nada
Meu coração pode ver a insensatez de sua alma
Deixando o medo lhe conter e a mentira lhe vencer.
 
Provocastes meu espírito
E minha alma agora se Põe a escrever
Contar esta estória de poucas horas
Acredito que não será fácil,
 Pois ainda não consegui entender.
 
Meu coração disparou  no  peito
Expressando em mim o desejo de viver
Más meu coração se vestiu de terror...
E a minha pele entrou em repúgna contra o frio
Contra a chuva, contra suas palavras.
E o clima do momento que transmitia medo.
 
 Foi esta nuvem negra
Que coloriu com cinzas aquele momento
Dissolveu minha alegria e me trouxe o medo e a dor.
 
 Contento-me em saber que tudo passou
 Meu coração se embala agora na alegria de viver
E saber que sou vencedora pela terceira vez
Obrigado ***SENHOR*** por mais esta vitória...
 
 
Autora Nadir Vilela
(direitos autorais reservados)
Em 02-01-2005 Brasil -Itatiaia-Penedo
 

Nadir Vilela Poetisa
Enviado por Nadir Vilela Poetisa em 02/01/2006
Código do texto: T93513

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nadir Vilela Poetisa
Itatiaia - Rio de Janeiro - Brasil, 52 anos
572 textos (84745 leituras)
63 áudios (23024 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 02:09)
Nadir Vilela Poetisa