Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Enfim… um poema



Neste nosso corpo em chama
Habita uma fogueira maior
É como a voz quando clama
É como o viço quando aflora

E é um grito a florescer
De saudade e bem querer
E é um raio de esperança
No homem e seu viver

Uma flor quando alcança
A razão do seu querer
Uma criança a sorrir
Num jardim de bem dizer

Neste nosso corpo cansado
Há mil vozes a gritar
Há um partir só de olhar
O horizonte a se perder.

Jorge Humberto
02/01/06
Jorge Humberto
Enviado por Jorge Humberto em 03/01/2006
Código do texto: T93912
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jorge Humberto
Portugal, 50 anos
2622 textos (66670 leituras)
22 áudios (937 audições)
13 e-livros (541 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 06:32)
Jorge Humberto