Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MOÇA DOS OLHOS CINZENTOS II

MOÇA DOS OLHOS CINZENTOS II

Hoje, manhã bonita,
o passeio dos seus olhos
encontrou, por acaso, os meus.
Péssimo instante,
pois o meu olhar
jazia cansado e sem brilho
por uma noite mal dormida,
enquanto o dela
cintilava feliz.
Na certa, no lapso do piscar
perguntou aos seus botões,
por que será o olhar quase morto desse moço?
E, naturalmente, por ali não encontrar
o que na hora lhe agradaria,
desviou-se a procurar
algo mais interessante
para as pérolas do seu semblante.
Mario Rezende
Enviado por Mario Rezende em 05/01/2006
Reeditado em 05/01/2006
Código do texto: T94784

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Mario Rebelo de Rezende). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mario Rezende
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
689 textos (50927 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 08:41)
Mario Rezende