Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

GOTA D'AGUA.

Desceu pelos teus cabelos
Uma gota d'agua.
Manhosa escorreu por tua nuca.
Deixou-te arrepiada.
Já aquecida
Não mais pelo banho
Em pleno assanho
Sentia a gota descer.
Dividiu-se em duas gotículas.
Uma desenhando-lhe os seios,
Descia mais ainda até o ventre fecundo.
A outra docemente
Acariciava-lhe o dorso
Descendo ligeira pelas costas.
A primeira delas
Seguia o seu caminho.
E já delirante
Você ofegante
Abria-se pra ela.
Descendo lasciva
Cobriu-lhe a virilha
Deslizou por sobre as coxas
Lhe fazendo tremer.
A outra gotícula
Agora abusada
Lambia-lhe as ancas
Despudorada.
Também pelas coxas
Fêz o caminho final
E as duas gotículas
Juntaram-se  nos pés
Formando novamente
Uma só gota
Como fazem os amantes
Num só corpo fundidos.

jose antonio CALLEGARI
Enviado por jose antonio CALLEGARI em 05/01/2006
Reeditado em 06/01/2006
Código do texto: T94865
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
jose antonio CALLEGARI
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 53 anos
475 textos (25271 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 00:07)