Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

BENFLOGIN

Jaz em cova perene,
donde ambientam antigas doenças.
São lembranças glamorosas e lúdicas.
Renitentes tardes terrenas!

Velórios,
miragens,
ondas regougas.
Bustos esculpidos em Pequim.
Compunham loucos a fel.
Uns novos mandarins!

São balas cinzentas,
ilícitas,
dessa tal vida real,
imaginária!
Transmutação descontínua,
interplanetária!

“Fique-bem” de Benflogin!
Rebordosa com gim,
ou sete drágeas.

RODRIGO PINTO
Enviado por RODRIGO PINTO em 27/12/2004
Reeditado em 12/10/2009
Código do texto: T949

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original (RODRIGO DE OLIVEIRA).
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
RODRIGO PINTO
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 98 anos
316 textos (19099 leituras)
2 e-livros (908 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 14:36)
RODRIGO PINTO