Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

(I) 8. TUA VOZ.

SEM AINDA TER OUVIDO TUA VOZ
POR ENTRE MAIS
DE MIL SONS ARTIFICIAIS
BUSQUEI COM INTENSIDADE
O SOM QUE ME TRARIA FELICIDADE

SEM AINDA TER OUVIDO A TUA VOZ
NESTAS TREVAS DO SILÊNCIO ATROZ
O SILÊNCIO TORNOU-SE MEU ALGOZ.

ATE QUE TUA VOZ OUVI
E O SOM NÃO ERA COMO O SOM DE MUITAS AGUAS
MAS COMO O DOCE CICIAR DE UMA PEQUENA CASCATA
TRAZENDO VIDA AS FLORES E A MATA.

ATE QUE TUA VOZ OUVI
E O SOM NÃO FORTE COMO DOS PROFETAS
MAS MANSA E SUAVE COMO DOS POETAS.
HOJE AO TEU LADO
QUANDO ESTAMOS ASSIM ABRAÇADOS
DESCUBRO ESPANTADO!
TU ME FALAS ATÉ QUANDO ESTAMOS CALADOS
ME FALAS PELO BATER COMPASSADO
DO TEU GRANDE CORAÇÃO
VIM TE TRAZER PAZ, AMOR, AFETO PAIXÃO!
ARRAIAL DO CABO 11\ 11\ 05.
Valdezz
Enviado por Valdezz em 06/01/2006
Reeditado em 19/04/2006
Código do texto: T95024
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Valdezz
Arraial do Cabo - Rio de Janeiro - Brasil, 63 anos
159 textos (14673 leituras)
2 e-livros (35 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 03:16)
Valdezz