Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DECIFRA-ME.

Sou assim
Pontiagudo, penetrante
Perfurante, letal.

De um cilindro raiado
Parto em disparada.
Velocidade insana.
Tempo versus movimento,
Física pura.

Meu corpo perfeito
Minha curvatura
Aerodinâmica
E fatal.

Parto em disparada
Rumo ao destino
Certo ou não.

Traçando
No ar um bailado
Girando em torno de mim.

Vou veloz
Contra o vento
Resistência do ar.

Meu corpo
Em movimento
Outro corpo atinje
Dilacerando-lhe as carnes.

E tudo termina
Numa inércia mórbida.
E num canto qualquer
Encontra-me o perito
E decifra-me o nome e a origem
Projétil 7.62 de fuzil.
jose antonio CALLEGARI
Enviado por jose antonio CALLEGARI em 06/01/2006
Reeditado em 06/01/2006
Código do texto: T95110
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
jose antonio CALLEGARI
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 53 anos
475 textos (25275 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 23:25)