Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Neste momento sento-me e contemplo,
Estes rochedos na mansidão do mar.

Onde a água mansa acaricia estas pedras,
No deslumbre do vaivém das suas ondas.

Quantos murmúrios, sussurros e segredos
Estão guardados neste suntuoso espaço?

Quantas lágrimas derramadas juntaram-se
Copiosamente a solidão deste penhasco?

Aqui permaneço em meio a este sublime encanto,
Escutando o barulho intenso das gaivotas festeiras,
E de algumas andorinhas que cortam o céu em bandos.

Minh'alma diante a esta beleza registra a magia da vida,
E dos meus segredos torna-se cúmplice neste desvelo. 

Eu escrevo a poesia vinda deste sentimento,
Nas linhas da tinta desta praia que adornam a minha lauda,
Deixando-a envolta pela secreta areia, que a mim escuta e se cala.

UMA MULHER UM POEMA

D.A.R
Uma Mulher Um Poema
Enviado por Uma Mulher Um Poema em 06/01/2006
Reeditado em 22/04/2006
Código do texto: T95293
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Uma Mulher Um Poema
São Paulo - São Paulo - Brasil
2887 textos (497246 leituras)
75 áudios (27400 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 14:15)
Uma Mulher Um Poema

Site do Escritor