Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Luzes na escuridão!

Estou aqui,

A tocar meu corpo,

Que grita tua ausência.

A sentir arrepios,

A lembrança da tua mão atrevida.

Acariciar, apalpar, descobrir,

Recantos de mim.

A tua libido me acorda o instinto,

E a lembrança da tua língua,

Que atiça fogo em passa.

Que faz meu ventre desmanchar,

E aceitar o teu desfrutar do meu mel,

Sorvendo meu gozo,

E me embriagando no teu solver!

Estremeço de emoção,

E encaminho minha mão,

Ao monte de Vênus fumegante,

Larvas mornas incandescentes...

Torturo meu corpo num rompante de carinho.

E me arranco gemidos,

Num quarto vazio.

Despida e entregue,

A carinho só meus,

Pensando nos teus...

Preciso de sua boca quente,

Apossando-se da minha.

E no mover das pernas o encaixe perfeito.

Movimento ritmado ao teu...

Vai e vem de paixão,

Lânguida num desenrolar de um gozo voraz...

Emoção dispara o coração.

Luzes, queda, tempo, espaço.

Razão impera soberana,

Mais... foi só minha mão!

Choro sozinha,

E a dor se refaz,

Há, quanta falta você me faz!

Observadora
Enviado por Observadora em 06/01/2006
Código do texto: T95334
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Observadora
Salvador - Bahia - Brasil, 50 anos
487 textos (27393 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 09:20)
Observadora