Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

BALADA ADOLESCENTE

Mariinha saiu de casa
sem saber ao certo
(ou errado)
com quantas cores faz-se um beijo.

Falou bem pouco, Mariinha,
sem saber ao certo
(ou errado)
que sua voz aguda, agora grave,
partiu, de vez, pro silêncio.

Trêmulos,
seus lábios se abriram
- só um pouco -
para outros lábios trêmulos
até mais que os seus,
que, também, mal sabiam das cores do beijo.

Experimentou juntar-se a bocas
por noites e noites a fio,
até quando a surpreendente mordida
da luz do sol
deflorou seus olhos fechados
- em praias, em bares, em motéis -
 amarelados e pródigos afim de voltar.

Ah, Mariinha,
antes Mariinha não fosse!.
Djalma Filho
Enviado por Djalma Filho em 06/01/2006
Código do texto: T95441
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Djalma Filho http://www.recantodasletras.com.br/autor.php?id=686). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Djalma Filho
Salvador - Bahia - Brasil
658 textos (19521 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 20:06)
Djalma Filho