Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O ERÊ

Faças estripulias,
erêzinho pequeno,
abatuques teus calos de mão
até sangrares
o adulto que há em ti:
erê tão tristonho e tristinho.

Ah, erêzinho,
erêzinho pequenino,
saudades teus molecares de balas-doces
até adoçares
todos corpinhos franzinos
com teu jocoso senso de erê.

Ah, erêzinho,
quanta saudade dos meninos,
enquanto meninos,
levados a sério!
Djalma Filho
Enviado por Djalma Filho em 06/01/2006
Código do texto: T95446
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Djalma Filho http://www.recantodasletras.com.br/autor.php?id=686). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Djalma Filho
Salvador - Bahia - Brasil
658 textos (19521 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 06:09)
Djalma Filho