Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Palidez Mórbida

Angélica T. Almstadter

Vela solta sem rumo,
Sem vento e sem porto.
Náufraga do tempo;
Te vira sem prumo,
Suspensa no eixo torto,
Aprendiz de contratempo.
 
Fiapo de vida,
Ritmo sem melodia,
Baila atrás da cortina,
Tu  que abraça fingida
A taça da eucaristia,
Com choro de menina.
 
A tua nudez castigada,
Mora na libido da boca.
Quem te possui reconhece;
A vastidão perturbada
Por uma louca razão
Placidamente  rouca,
Que te segue aflita;
Sem registro nem regras.
Um ninho de paixão,
Há muito te habita;
No refúgio das feras.
Angélica Teresa Almstadter
Enviado por Angélica Teresa Almstadter em 03/04/2005
Código do texto: T9556

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Angélica Teresa Almstadter
Campinas - São Paulo - Brasil, 62 anos
1054 textos (55644 leituras)
25 áudios (3274 audições)
1 e-livros (247 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 00:32)
Angélica Teresa Almstadter