Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

xeque-mate!

XEQUE-MATE!
em oito lances

1 – palavra

Um encontro entre nós
olhos nos olhos
(a) palavra!

2 – no nu

Acredita em mim hoje,
amanhã nem eu sei
se ainda acredito
se_ja
   nu que for!

3 – olhos

Diz-me coisas cegas
onde brilhem os teus olhos,
coisas como versos!

4 – (por/pôr) descobrir

Hoje quero dizer-te
(um)a beleza sem aditivos
(a) palavra ainda por descobrir!

5 – paixão

A poesia só tem
sentido sentida
(com) paixão!

6 – guardo

Guardo cada momento
em que a_guardo
por ti!

7 – amo

Amo (n)o silêncio
porque é onde a onda
eleva n/u amor!

8 – oito

Faz do amor
o que quiseres,
faz um oito!...

{Quando voltar à poesia, voltarei aos "artigos" poéticos; quem é  ?, poeta português do século XX; antes disso, vão procurando O’Henry em tradução do Fernando Pessoa:
http://www.releituras.com/ohenry_menu.asp; já que estou fazendo su_gestões:
http://www.kakinet.com/caqui/nyumon20.htm}
Francisco Coimbra
Enviado por Francisco Coimbra em 07/01/2006
Código do texto: T95715
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Francisco Coimbra
Portugal
785 textos (310467 leituras)
37 áudios (39564 audições)
1 e-livros (148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 16:16)
Francisco Coimbra