Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lua

Por que tem, por que tem olhos bonitos
E braços doces, ilimitados e anormais
Quem é, que é você, não eu, e está mais
Devagar, como a pressa que está nos aflitos?

Que ardor fez-lhe os lábios tão restritos
Num aspecto como o seu garota da paz
Quem te criou tão perfeita para o que faz
E tão clara para os meus versos escritos

Fugitiva com que direito tem aprisionada
O coração que por ti nua chora
Se não é a Lisa e nem Maculada

E é tão pouco minha mulher agora
Morena, baixinha e apaixonada
Ó minha lua, astro antes à aurora!
R J Cardoso
Enviado por R J Cardoso em 08/01/2006
Reeditado em 10/01/2006
Código do texto: T96016
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
R J Cardoso
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
3129 textos (79583 leituras)
2 e-livros (393 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 12:53)
R J Cardoso