Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

“Flor de cheiro”

Da flor que se abre sai um cheiro.
Este cheiro cobre até um pingo d’água.

Da flor que se abre sai um cheiro.
Este cheiro cobre até uma nascente.

Da flor que se abre sai um cheiro.
Este cheiro agora cobre um estreito riacho.

Da flor que se abre sai um cheiro.
Este cheiro já cobre até uma bela cachoeira.

Da flor que se abre sai um cheiro.
Cheiro de agrado, cheiro de vida.

Da flor que se abre sai um cheiro.
Este cheiro cobre agora um grande rio.
Rio que passa, e que muda a cada segundo.

Da flor que se abre sai um cheiro.
Este cheiro agora cobre todo o mar.
Perfumando todos os cantos do mundo.

Belchior Contins
Enviado por Belchior Contins em 08/01/2006
Código do texto: T96199
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Belchior Contins
Lagoa Santa - Minas Gerais - Brasil, 50 anos
46 textos (3955 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 14:37)
Belchior Contins