Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

      O sol quando bate no verde das árvores,dá-me uma indiscritível sensação de conforto,
encantamento e beleza.Seu brilho intenso faz-me lembrar de planta nova que luta para romper a clausura da terra.
     Embora, a terra ofereça seu ventre para a semente germinar.É preciso  que a  minúscula plantinha seja  forte para vencer as vicissitudes naturais e a escassez das chuvas.
     Mesmo assim...Quanta beleza!!!
     Mas...o que é beleza afinal???
     Penso que beleza seja um nome que se usa para coisas vestidas.Quando nossos olhos despem algo,despem-no  a nossa maneira.
     Cada um vê o que deseja ver.Podemos olhar mil vezes para o sol e,  a cada olhar um novo sol se descortina.
     Gostaria que você hoje olhasse para dentro de si com os olhos humildes do sol,que nasce todos os dias para todas as criaturas.
    Use sua força interior para romper com tudo aquilo que te incomoda ou te faz infeliz.
    Pode não ser fácil!
   Porque não estamos habituados ser honestos com nossos sentimentos,
e, muitas vezes queremos passar uma imagem que satisfaça aos outros.
   Dispa-se!!!
   O  medo Não faz sentido algum!!!
   Nossos sentidos nos exigem palavras e, nem sempre a utilizamos corretamente.
   Mas tente!!!
   Mais só por hoje... faça brotar  palavras,gestos e seus sentimentos mais nobres,
   Porque eu e você somos uma fagulha diante do infinito.
   Porque  hoje...
  É dia de sol!!!

    

lisbella
Enviado por lisbella em 09/01/2006
Código do texto: T96464
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
lisbella
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 50 anos
345 textos (16836 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 00:55)
lisbella