Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0221 - Descontrolado


 
Todos os meus anseios têm teu nome,
minha pele ficou com teu cheiro,
tudo meu tem alguma coisa tua.
 
Minha alma perdi depois de fazer amor,
em ti deixei tudo, já não sou eu.
 
Sou o deserto que tu derramastes a água,
o sal que adocicou a boca com o beijo.
 
Eu, sem teu corpo, sou a vela sem o barco,
fiquei como vento ao redor da montanha,
a paixão está completamente descontrolada.
 
11/04/2005
Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 04/04/2005
Código do texto: T9678
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116243 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 00:08)
Caio Lucas