Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ondas, Areias & Amor!

Grãos de areia salpicam os pés
Enquanto o mar nos espera
Com esse tempo, ainda vai chover...
Aproveite o Sol, essa brisa fresca...
Se não acreditas em chuva,
Espere mais meia-hora
Ah! Que brilho salta o olhar
Na primeira onda, já estamos molhados...
Úmida por todos os poros
Outra onda nos brindando a volúpia
Enquanto os primeiros pingos
Nos põem a correr com a chuva
Seu cabelo molhado brinca com o rosto
Seus beijos, salgados e doces...
Seu ventre treme de prazer de novo
Minhas mãos provocam suas profundezas
Para tirar mais um gozo
Você quer tomar mais chuva
Para o corpo sorver a fresca dos céus
Nossos corpos tremem com a chuva mais forte
Buscamos o abrigo mais seco
Ainda ri do tamanho da chuva
Ela é espessa de mais para ficar agora
Uma água quente nos inspira
Tantas são as carícias que esquecemos o tempo
Sua boca mais gulosa
Seus beijos mais ardentes
Minha volúpia busca suas coxas
Todos os caminhos de prazer
Ah! A sinfonia de tantos gemidos
Rasgamos toda à tarde com muita volúpia
Até que todas as forças fossem esgotadas
Ainda com a latente ansiedade
Corremos para a areia
Em busca dos últimos pingos da chuva
Que de partida, nos brindava com generosa Lua!
O mar ainda nos abraça
Para mais um dança
E quase sem fôlego
Exaltamos a noite
Com suas miríades de estrelas
Noutra sinfonia de beijos...Ah! Sempre amarás...

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 04/04/2005
Reeditado em 03/01/2006
Código do texto: T9685
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120253 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 04:23)
Peixão