Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ao olhar reluz,...

Ao olhar reluz,
Fagueiro desdobra o ar,
Vindo da luz,
Quanto brilhas, tanto brilho,
Com todo o tempo a passar,
Passando mais rápido do que queres,
Bem além que de quero,
Ficando o gostinho terno e suave
De mais um instante juntos,
Fragmentos de desejos
Reconduzidos uma a um
Em todo o momento que temos,
Único na paixão, uno em tudo,
Tomando tuas mãos,
Em minhas mãos teus beijos,
Percorre nossa timidez
Nos olhos que não nos ve,
Tirando mais um beijo,
Outro suspiro do fundo do coração
Quanto coras ao me ver
E traduz nos seus elogios
Minhas carícias, pequenas e simples
E que nos carregam para um mundo além,
Muito além do mundo que no vem
Como se nada mais nos faltasse,
Faltando mais tempo para lhe dedicar
Todo o amor que tanto merece
Ah! sim, padecemos em nosso paraíso
Absolutos em nossa solidão,
Nossa Ilha, nosso Jardim,
Tão guardado, tão querido,
Sem esquecer o quanto somos felizes
Longe ou perto trocando desejos,
Sonhando acordados todos os dias,
E todos os dias firmamos nossa alegria
Pelo bom da vida em todo o sempre.
Isso é mais do que amar.

Peixão89
Peixão
Enviado por Peixão em 04/04/2005
Código do texto: T9782
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120252 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 08:38)
Peixão