Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NA MADRUGADA

NA MADRUGADA
®Lílian Maial


Na madrugada, os silêncios são muitos,
Não há olhos nas sombras,
Não há medos, disfarces.

Na madrugada, a luz vem dos sonhos,
Do brilho do riso,
Do gosto de velar os versos.

Na madrugada, libertam-se os desejos,
Prisioneiros dos dias mornos,
Guerrilheiros na conquista do topo.

Na madrugada, os amores são intensos,
Os suores, mais densos,
Os licores, mais propensos.

Na madrugada, dançam os fantasmas e as fantasias,
Choram a saudade e a euforia,
Porque já vai amanhecer...


Rio, 27/12/05.


****************


Lílian Maial
Enviado por Lílian Maial em 12/01/2006
Código do texto: T97839

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site "www.lilianmaial.com"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Lílian Maial
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1158 textos (248654 leituras)
21 áudios (13707 audições)
3 e-livros (1280 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 03:04)
Lílian Maial

Site do Escritor