Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O ser é sempre fantástico...

O ser é sempre fantástico
Maravilhoso por ver a vida
Por sentir o bom da vida
Por estar ao seu lado
Por beijar a sua boca
Amar, amando & sendo amado,
Tocar fundo o seu corpo
Sentir as suas emoções
Viajar na sua loucura
Dentro da minha loucura
Para fora do universo
Para a rua, quarteirão acima,
Ver as estrelas daquele show
Nas luzes de todas as praias
Sentir o sabor da noite
No acalanto suave da sua voz
Depois de mais uma chopp
E outro, mais outro, tantos outros,
Derrubando tantas latinhas
Trocando mais um café de manhã
No abraço de mais um bom dia
Sempre é bom estar com você
Todos os dias, quase todos,
Todos os momentos sempre em pensamento
Aguardando mais um largo sorriso
Uma farta mesa no almoço
Outro café naquele café de novo
Sempre com sua primorosa atenção
Dividindo novos sorrisos, novos sons,
Tão simples como nós sempre gostamos
Gostando sempre de coisas simples
Simplificando a nossa complexidade
Para andar seguro em nossos limites
Amando & sendo amados
Com o maior tesão do mundo
Ontem, hoje & enquanto for assim tão bom,
Guardando cada momento em nosso Jardim
Sempre repleto de novos sabores
De novos aromas, de nossos amores,
A espera do banho com sais
Da luz de vela, aquela amarela,
De cerejas, queijos & vinhos,
Do espaço & do tempo que nos faz tanta falta
E que nunca cansamos de buscar de novo
Hoje, amanhã, ou depois,
Para depois sentarmos lúdicos & amantes
No amor de nosso frescor
Ao sabor de tantas horas que ainda teremos
Um dia a nos brindar
Até perder o fôlego ou a razão...

Peixão89
Leves Fragmentos – 1999-2000
Peixão
Enviado por Peixão em 04/04/2005
Reeditado em 09/08/2009
Código do texto: T9787
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Peixão
Santo André - São Paulo - Brasil, 57 anos
3231 textos (120254 leituras)
1 e-livros (241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 01:12)
Peixão