Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Último sonho

Hoje perdi meu sonho no fundo de uma gaveta qualquer.
Desnuda de mim mesma, caminho solta em tempestades de dor,
ferindo meus pés em solos onde o hoje germinado em mulher
procura as vestes na esperança que cobria meu corpo de amor.


Preciso do amor muito mais que da vida,
meus sonhos se perdem nos céus onde em paixão me desenhou,
 tome hoje de minha fonte como tomou nos ontem(s) fazendo minha alegria
e sopre seus ventos no mesmo desejo quando em sóbria verdade me amou.


Abro-me em copas onde o amor recria meu céu,
torno-me estrela trazendo-lhe a lua em vestes de paixão
e num raio de luz toco-lhe as faces tirando-lhe o véu
revelando o amor que cantou-me nos versos livres de ilusão.


Quero os sonhos no antes e no depois do amar,
sentir em meu corpo o correr da vida pulsando nas veias que sangram paixão,
vestir-me da verdade que sou, sem medos ou receios e assim me dar
na composição perfeita que rima os versos nas loucas poesias cantadas em refrão.


Volto então ao meu caminho,
no chão procuro as marcas dos passos que ensinou-me a razão do amar,
não quero mais meu caminhar sozinho
e no destino recrio meus sonhos onde posso ainda lhe encontrar.
Aisha
Enviado por Aisha em 12/01/2006
Código do texto: T97971
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Aisha
Jundiaí - São Paulo - Brasil, 50 anos
791 textos (35175 leituras)
1 e-livros (57 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 00:12)
Aisha